Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ARTIGO

Por A. J. Gevaerd

O dia em que dissemos não aos ETs

O medo do desconhecido por parte das autoridades da extinta União Soviética pôs a perder uma chance de contato

Categoria: UFOs NO ESPAÇO
crédito: NASA
ampliar
Os cosmonautas não tiveram autorização para um contato oficial com curiosos extraterrestres que os observavam
SAIBA MAIS
A descoberta de Trappist-1 revoluciona a busca por vida extraterrestre O futuro da Ufologia O cosmonauta Aleksei Leonov e sua relação com discos voadores

A Ufologia Mundial ainda está perplexa com o que ocorreu a uma espaçonave russa há quase 30 anos. Entre 12 de março e 18 de maio de 1981, a missão espacial Salyut 6, com os cosmonautas Vladimir Kovalenok e Viktor Savinikh a bordo, realizou inúmeras órbitas em torno da Terra para pesquisa científica. Mas uma enorme surpresa envolveu a expedição, quando Kovalenok e Savinikh estiveram frente a frente com um UFO e seus tripulantes. O fato é o primeiro com tal gravidade de que se tem conhecimento, mas não o único. Ele prova o que já se sabe há muito tempo – que os ETs acompanham nossos passos rumo ao espaço com enorme interesse.

 

A notícia do espantoso contato imediato no espaço entre russos e aliens foi dada na época do fato pelo próprio Ministério do Planejamento da então URSS, o Gosplan. Autoridades do órgão convocaram uma reunião entre ufólogos, militares, cosmonautas e a imprensa. O mediador do encontro foi o próprio chefe do programa espacial soviético, general Georgy Beregovoy, também cosmonauta e militar condecorado. Ao seu lado estavam Kovalenok e Savinikh, que permaneceram 77 dias no espaço, a bordo da Salyut. O que aconteceu naquela reunião seria impensável até para os ufólogos mais otimistas. Ineditamente, a alta cúpula soviética admitiu que membros de seu programa espacial participaram de um contato extraterrestre.

Perseguição por UFO no espaço

Beregovoy apresentou Kovalenok e Savinikh à seleta platéia, que ouviu seu relato de como tudo aconteceu. Eles disseram que a Salyut 6 foi seguida de perto por um UFO durante quatro dias, com apenas breves interrupções. O objeto e a nave soviética orbitaram a Terra juntas, a uma distância de algumas dezenas de metros entre si. O estranho veículo alienígena não apresentava saliências, como os painéis solares da Salyut, por exemplo, com os quais as espaçonaves terrestres costumam extrair energia. Tinha o formato de uma esfera e apenas metade do tamanho da Salyut – que contava com 16 m de comprimento e se parecia com uma garrafa.

 

As duas naves se encontraram quase no fim da prolongada estada dos dois cosmonautas no espaço, e uma parte do episódio foi registrada em vídeo, apresentado no encontro histórico na sede do Gosplan. O impressionante registro foi feito durante o período em que as duas naves estiveram mais próximas uma da outra, mas não foi autorizada sua reprodução pela imprensa. Até hoje, mesmo após a radical abertura política que levou à extinção da URSS, o filme permanece inatingível para os meios de comunicação. O cosmólogo Aleksandr Kazantsev declarou que o filme está confinado num departamento da chamada Cidade das Estrelas, o centro de treinamento e lançamento de foguetes mais importante da Rússia hoje.

Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 258
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.