Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ARTIGO

Por Joe Lewels

O universo holográfico como origem dos discos voadores

A materialidade dos extraterrestres pode agora ser revista com base em novos conceitos que sugerem opções não físicas para sua existência

Categoria: CIÊNCIA | FICÇÃO CIENTÍFICA
crédito: philipe kling david
ampliar
UFOs podem ser físicos, como objetos de nosso mundo, ou dimensionais e invisíveis. As teorias modernas apontam que as duas hipóteses podem estar corretas
SAIBA MAIS
A ciência dos UFOs Stephen Hawking, um legado inigualável para a humanidade Velocidade de dobra: o segredo dos discos voadores?

O pesquisador norte-americano Michael Talbot, em seu fascinante livro O Universo Holográfico, sugere que todo o cosmos e tudo o que percebemos em nosso mundo podem ser somente imagens espectrais e projeções holográficas. Segundo ele, as implicações deste conceito são espantosas, a ponto de fornecer a base para a resolução de muitos dos mistérios da Ciência, inclusive aqueles considerados paranormais ou místicos. Tais declarações seriam certamente ridicularizadas se não fosse o fato de que representam a conclusão de alguns dos mais respeitados cientistas de campos tão diversos como a Física, a Neurofisiologia, a Medicina e a Psiquiatria. De fato, o modelo holográfico está ganhando aceitação em quase todas as áreas de pesquisa e pode, eventualmente, conduzir a comunidade científica a abraçar a Ufologia como uma verdadeira ciência.

 

Para entender e aceitar tal modelo é preciso antes compreender a imagem holográfica e o que implica esta espantosa descoberta. Certo dia, uma imagem totalmente tridimensional “saltou” no ar rarefeito, como um espectro diante dos olhos arregalados do engenheiro húngaro Dennis Gabor, que primeiro especulou sobre o fenômeno. Dispondo de um raio laser e direcionando metade dele para um objeto a ser fotografado, e a outra metade à uma série de espelhos e lentes difusas, ele produziu a primeira imagem holográfica. No entanto, ela apareceu no filme apenas como um padrão de ondas e círculos. Gabor acreditou que, posicionando o laser em direção ao filme, a imagem tridimensional do objeto apareceria misteriosamente, como um fantasma, do outro lado. Essa descoberta lhe rendeu o Prêmio Nobel em 1971.

 

O pesquisador constatou ainda que quando o filme era seccionado cada pedaço tinha a capacidade de reproduzir o objeto inteiro. Embora não entendesse naquele tempo, este princípio veio a ser conhecido como não-localidade. Isto é, a informação necessária para produzir a imagem não estava em nenhum ponto específico do filme, mas em cada elemento da chapa fotográfica ao mesmo tempo. Desde então, os cientistas começaram a encontrar não-localidade em toda parte. Na Física Quântica, primeiramente, descobriu-se uma propriedade das partículas subatômicas, conhecidas como quanta. Estes prótons, nêutrons e elétrons que compõem o bloco básico do edifício de toda matéria do Universo desobedeceram às leis conhecidas da Física, conforme postuladas por Isaac Newton e Albert Einstein. O doutor David Bohm, físico mundialmente renomado e um dos protegidos de Einstein, foi o primeiro a reconhecer a conexão da imagem holográfica. No seu laboratório, em Londres, ele começou a compreender que as propriedades misteriosas das partículas subatômicas estavam lhe proporcionando uma visão inteiramente nova – as propriedades holográficas. Bohm e outros físicos descobriram um mundo em que o tempo e o espaço deixavam de existir, onde o comportamento paranormal era a regra.

Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 258
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.