Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ARTIGO

Por Fernando A. Ramalho

Segredos ufológicos: os fatos, a mídia e o governo brasileiro

Uma análise dos últimos anos da campanha UFOs: Liberdade de Informação Já, que logrou fazer o governo brasileiro abrir 7.000 páginas de documentos ufológicos antes secretos das Forças Armadas.

Categoria: ABERTURA UFOLÓGICA | ARQUIVOS MILITARES | DOCUMENTAÇÃO | SEGREDOS MILITARES | SEGREDOS UFOLÓGICOS | UFOs: LIBERDADE DE INFORMAÇÃO JÁ

No início de todo o ano, passadas as comemorações e festividades de praxe, a Ufologia inicia seus trabalhos comemorando a data de um caso específico que, se não é considerado o maior e mais documentado episódio ufológico de todos os tempos, certamente figura entre eles com inconfundível destaque. Ao mesmo tempo em que, no tocante ao assunto, para a mídia em geral, janeiro passa meio despercebido, nos meios eletrônicos e impressos que veiculam as atividades ufológicas, seus estudos e suas divulgações em congressos, os debates esquentam a ponto de ebulição. Neste ano de 2016 em especial, quando as comunidades que tratam do assunto voltaram as atenções para os 20 anos do que ocorrera no primeiro semestre de 1996, popularmente conhecido como o Caso Varginha e do seu total acobertamento perpetrado pelo Exército Brasileiro, nada mais, além de algumas matérias eletrônicas em sites regionais foi divulgado pela grande mídia. Mesmo tendo sido publicado reservadamente em dois dos maiores veículos da imprensa nacional, pouquíssimo se ouviu falar do assunto em rádios, TVs, revistas ou mesmo jornais impressos.

Dos meios de comunicações governamentais, como a Agência Brasil, civil, ou os braços jornalísticos dos centros de comunicações sociais militares, até que se esperaria pouca ou nenhuma divulgação, não fosse a grande quantidade de solicitações de acesso a informações sobre UFOs que chegaram ao Governo Federal. Por força do acionamento à lei número 12.527/2011, a chamada Lei de Acesso à Informação (LAI), os vários Serviços de Informação ao Cidadão (SICs), criados no âmbito dos diversos ministérios conforme um dos artigos da Lei, passaram a registrar estatísticas nada modestas para o assunto. Contabilizado pelo sistema online de acesso à informação do Governo, o número de pedidos ligados às ocorrências ufológicas registradas por militares saltou à frente logo de saída.

Problemas no acesso à informação


Assim, seria de se supor que motivos para a alusão aos UFOs, tanto da mídia aberta, quanto no Governo, não faltariam, já que alcançaram o topo dos pedidos ao Ministério da Defesa, sendo direcionadas também ao Ministério das Relações Exteriores, ao Gabinete de Segurança Institucional, à Casa Civil, à Controladoria Geral da União e Arquivo Nacional. Levantamentos feitos internamente por esses órgãos dão conta de que, de meados de 2012 a dezembro de 2015, enquanto solicitações de assuntos específicos não passavam de algumas dezenas, os da questão ufológica ultrapassavam as centenas — alguns deles recorrendo já em última instância. Ressalte-se que alguns desses pedidos foram protocolados por pessoas que de alguma forma estavam ligadas à Revista UFO.

Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 258
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.