Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

BLOG

A descoberta de instalações extraterrestres na Lua

24.08.10 - 07h15
ampliar
Conjunto de estruturas artificias fotografado no solo lunar

Mesmo antes de Iurí Alekseyvitch Gagárin chegar ao espaço, os soviéticos, que estavam realmente mais adiantados, que os norte-americanos, começaram a lançar seus primeiros artefatos em direção ao nosso satélite natural.  Só da série Luna, iniciada em janeiro de 1959, foram 24 missões, que compreenderam tanto passagens nas proximidades de nosso satélite, impactos diretos contra o solo, entrada em órbita, e pousos controlados na superfície. Outra série de naves não tripuladas, a Zond, permitiu aos soviéticos desenvolverem a capacidadede de após chegarem ao seu destino, a órbita lunar,  retornarem com suas espaçonaves à Terra.
 
Apesar de atrasados em relação aos seus inimigos ideológicos  na corrida espacial, os norte-americanos progressivamente foram conseguindo seus sucessos na exploração de nosso satélite.  Mediante os projetos Ranger (três missões lunares), Lunar Orbiter, que compreendeu cinco missões, e Surveyor, com sete lançamentos, e vários pousos controlados, obtiveram uma farta documentação fotográfica, e lançaram as bases para a chegada do homem ao nosso satélite.

 

Nessa altura dos acontecimentos, já havia por parte de uma pequena elite espacial, tanto pelo lado dos norte-americanos, como dos soviéticos, uma certeza: fossem americanos ou russos a chegarem primeiro à Lua, encontrariam já “alguém” muito bem estabelecido.

 

Algumas das fotografias obtidas tanto pelos soviéticos, como pelas missões norte-americanas, evidenciavam já uma presença marcante de representantes de uma, ou mais culturas extraterrestres, que estavam usando nosso satélite como base.    Algumas imagens eram realmente impressionantes.   Estruturas na forma de torres, construções apresentando padrões geométricos, crateras cujas formas aparentemente haviam sido modificadas, etc. Algumas fotos já mostravam inclusive, que objetos de grandes dimensões, cuja natureza não podia ser ainda estabelecida, haviam sido transportados pelo solo lunar e deixado na superfície de nosso satélite o registro de suas passagens na forma de rastros, preservados até hoje pela falta de efeitos erosivos.  Isto tudo fazia parte de um  contexto conhecido na época apenas por  uma minoria privilegiada de nossa humanidade, que planejava o passo seguinte: a chegada do homem à Lua.

Atenção
Para comentar no blog, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.

Marco Antonio Petit 24.09.2010 às 08h24

Caro amigo Vitor. Obrigado pelo retorno. Gostaria de dizer, entretanto, que já investigava o assunto e essa área de pesquisa desde o final da década de 70, muito tempo antes de ouvir falar de Roagland. No início da década de 80, proferimos, por exemplo, inclusive, inúmeras conferências, principalmente sobre os sinais da atividade extraterrestre na órbita da Terra, Lua e Marte. Conheço bem o trabalho dele hoje, como de outros pesquisadores da área, que costumo até citar em minhas palestras atuais, e já foram objeto de referências em alguns de meus livros. Porém, como seria até previsível, temos nossos pontos de vista, e interpretações próprias, pessoais, que nem sempre são paralelas, ou convergentes. Forte abraço, Petit

Vitor Silva 18.09.2010 às 22h38

Parece que o amigo gosta do trabalho desenvolvido por Richard Hoagland . Diversos do tópicos abordados no blog se assemelham as idéias expostas por este. Acho interessante apresenter um link que vai ajudar na coompreensão das idéias deste. http://www.badastronomy.com/bad/misc/hoagland/index.html
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 258
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.