Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

REVISTA UFO | EDIÇÃO 243 | fevereiro de 2017

Um duro golpe nas pretensões humanas

Se entendido ao pé da letra, o Paradoxo de Fermi esvazia sem piedade nossas possibilidades de termos um contato oficial e definitivo com outras inteligências cósmicas. Fermi não foi o primeiro cientista a notar que há uma incongruência, e daí o paradoxo, entre a absolutamente gigantesca possibilidade de vida no universo e o fato de nós simplesmente não a encontrarmos. Mas foi o mais expressivo a tratar do tema. "Onde está todo mundo?", perguntava-se este italiano de Roma depois naturalizado norte-americano. Para ele, é líquida e certa a existência de uma vasta comunidade de civilizações extraterrestres — e as estatísticas são avassaladoras neste sentido, qualquer que seja o ângulo de busca adotado. Uma releitura do Paradoxo de Fermi, feita nesta edição pelo consultor da Revista UFO Marco Aurélio de Seixas, médico cardiologia de São Paulo, é reveladora e nos coloca a pensar. Se encontrarmos mundos habitados um dia, que formato e cores terão?

CAPA
capa: Rafael Amorim
ENTREVISTA

Casos de abdução revelam que há um cataclismo a caminho da Terra

Pessoas no mundo inteiro podem ter sido abduzidas. Sofrem com crises de pânico, ansiedade e outros transtornos. Passam anos indo a médicos e tomando remédios. Já passamos da hora de ver a ciência estudando o fenômeno para que possamos entendê-lo.

Por Thiago Luiz Ticchetti
crédito: ARQUIVO YVONNE SMITH
ampliar
Um dos aspectos mais difíceis e controversos da Ufologia, o fenômeno das abduções tem se mostrado um desafio à parte para os pesquisadores que se aventuram a estudá-lo. Muitos sequer tinham ouvido falar de sequestros por extraterrestres até que o assunto chegou até eles ou, como no caso de nossa entrevistada, entrou pela porta de seu consultório 22 anos atrás e nunca mais saiu.Difícil, dolorosa e cheia de nuances, a abdução alienígena é tratada por muitos profissionais da saúde como LEIA +
ARTIGO DE CAPA

Afinal, onde estão os ETs?

A ideia do ser humano de que sua existência tem importância no contexto cósmico pode ser duramente confrontada com a imensidão do universo e o intimidador e espetacular número de planeta habitados.

Por Marco Aurélio de Seixas
crédito: RAFAEL AMORIM
ampliar
Enrico Fermi nasceu em Roma, em 1901, mas naturalizou-se norte-americano em 1944. Faleceu 10 anos mais tarde, em 1954. Fez importantes descobertas no campo da física de partículas, trabalho que lhe rendeu o prêmio Nobel de Física, em 1938, com apenas 37 anos. Tendo participado da primeira explosão de uma bomba atômica da história, em Alamogordo, Novo México, em 16 de julho de 1945, escreveu o texto que se vê nestas páginas, onde questionava sua fé na sociedade e também na capacidade de tomarmos uma decisão prudente em relação às armas nucleares.No Departamento de Física da Universidade de LEIA +
ARTIGOS
A história da música sobre os discos voadores e os alienígenas
Os discos voadores e seus tripulantes sempre fizeram parte da história humana, ainda que fossem chamados por outros nomes e interpretados de acordo com a cultura de cada época. Todos já lemos ou ouvimos falar de anjos, LEIA +
Pilotos, tripulações e controladores de tráfego aéreo relatam UFOs
No amplo espectro dos relatos de UFOs recolhidos durante décadas, os que são mais bem considerados pela Comunidade Ufológica Mundial são justamente aqueles que vêm de tripulantes de linhas aéreas comerciais e LEIA +
Uma cidade pantaneira com intensa atividade ufológica
Na edição anterior foram apresentados ao leitor inúmeros eventos ufológicos acontecidos na cidade que é chamada de Capital do Pantanal, a isolada Corumbá. Na continuidade, mostraremos outras interessantes LEIA +
Penetrando na estranha tecnologia dos discos voadores e tripulantes
O Fenômeno UFO apresenta uma ciência muito mais avançada do que aquela que temos e conhecemos na atualidade, e quanto mais profundamente o exploramos, mais radical e complexa esta ciência se torna. Por anos os estudiosos da LEIA +
Por que as abduções alienígenas diminuíram dramaticamente?
A primeira vez que um alienígena falou com Denise Stone ela tinha dois anos e meio. Ela estava em sua casa com seu avô e sua mãe no hospital dando à luz à sua irmã mais nova. Denise se lembra de olhar para LEIA +
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 258
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.