Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

REVISTA UFO | EDIÇÃO 80 | julho de 2002

BUSCA DE RESPOSTAS

Abrindo Caminhos para a Verdade

Transparência na Ufologia

Sei do conhecimento de todos vocês sobre a Ufologia Científica, e concordo que até certo ponto são bons conhecedores de tal assunto. Leio UFO regularmente, mas vejo algo de errado em tudo que publicam, que certamente já passou dos limites. E tenho absoluta certeza de que, quem lê a revista há algum tempo já percebeu isso. A tentativa de monopolizar a Ufologia e manipular os fatos ufológicos já cansou. Todos percebem que, na maioria das reportagens publicadas na Revista UFO, os fatos são distorcidos de sua real origem e veracidade. A mesmice está tomando conta de todos os artigos. Ou eles são uma farsa ou são relatos de outras pessoas, e não de repórteres da UFO. Afinal, os jornalistas são pagos para fazer um artigo e vivenciá-lo, e não simplesmente copiar relatos de pessoas da sociedade. Gostaria também que fizessem algo muito simples: comprovem as farsas. Que a Ufologia Brasileira finalmente seja transparente! E que a verdade seja julgada por todos, e não apenas por pessoas interessadas em esconder fatos e influenciar pessoas.
Fernando Lopes,
[email protected]

Ridicularização das Testemunhas

Por que pessoas interessadas em conhecer e pesquisar os assuntos ufológicos são tão ridicularizadas pelas que não crêem na existência dos discos voadores? Até mesmo quem consegue presenciar ou ter contato direto com os UFOs estão constantemente sujeitos a represálias, o que contribui ainda mais para que esses indivíduos deixem de relatar suas experiências. Muitas vezes considerados loucos e mentirosos pela população em geral, preferem se calar e, assim, perdemos valiosa contribuição para o entendimento da Ufologia.

 

Obviamente, ninguém é obrigado a acreditar na existência de discos voadores, pilotados por tripulantes extraplanetários. No entanto, é imprescindível que, por trás de todo esse ceticismo, haja ao menos um pouco de respeito à idoneidade das testemunhas. Atualmente, a Ufologia passa por momentos difíceis, pois apesar do aumento das ocorrências, relatos, fotos e filmagens ainda não conseguimos provar, de fato, a existência dos UFOs e dos seres extraterrestres. Se depois de anos de pesquisas ainda não sabemos nada sobre os discos voadores, e se a Ufologia não responde mais às nossas perguntas, como reagiremos diante dessas situações? Ao acompanhar pela mídia um dos fatos mais banais da história da humanidade, os ataques terroristas aos Estados Unidos, pensei: e se fossem naves alienígenas se chocando contra as torres do World Trade Center? Será que veríamos os apresentadores dos noticiários de TV nos alertando: “Atenção, isso não é um filme! Dois discos voadores acabaram de se chocar contra as duas torres do WTC!”

 

Logicamente, nenhum de nós, estudiosos do Fenômeno UFO, acreditamos que depois de tanto tempo, o tão esperado encontro oficial entre ETs e humanos fosse ocorrer dessa maneira. Só nos resta esperar que nossos irmãos cósmicos cheguem ao nosso planeta e dissipem as dúvidas e o ceticismo de muitos.
Luiz Moreno Rolim Neto,
Planaltina (DF)

Doutrinação do Povo por ETs

O mistério sempre atraiu o ser humano, em todas as épocas. E acho que, apesar da globalização, o mundo nunca esteve tão misterioso quanto hoje. A tecnologia de todas as ciências está na mão dos países de primeiro mundo, que investem consideráveis milhões em pesquisas. Não acredito em ETs, mas sim na existência de vida biológica em outros planetas, que não é necessariamente superdesenvolvida. O Universo é um grande aglomerado de galáxias e estrelas, e devido a sua magnitude as distâncias de um ponto ao outro são tão grandes que, mesmo se tivéssemos todo o tempo do mundo, não poderíamos chegar nunca na estrela mais próxima de nós. É impossível viajar pelo espaço e existem pouquíssimos planetas, descobertos, que poderiam abrigar vida.

 

Algumas perguntas sempre martelam em minha mente, sem que encontre respostas para elas. Por que todos os supostos ETs são iguais, por exemplo? Certa vez recebi um livro “para iniciar em Ufologia”, em que o autor descrevia diferentes raças de seres alienígenas que viriam à Terra freqüentemente, e todas elas acumulavam incríveis pontos em comum. Tinham cabeça grande, eram cinzas, não apresentavam diferenças aparentes de sexo, não se comunicavam pela boca, eram magros, enfim, tudo sempre nessa linhagem. Por que somente nós somos diferentes? Por que todas essas supostas civilizações são sempre avançadíssimas em relação a nós? Como conseguiram atingir tal grau tecnológico sem se destruir?

 

Coloco a grande Primeira Guerra Mundial como o começo de tudo. De certo modo, ela trouxe riqueza e fama para os Estados Unidos. Imagino que foi aí que tudo começou. O mundo ainda estava boquiaberto com as descobertas científicas, como a Teoria da Relatividade. Para um país relativamente novo e com o perigo que uma outra guerra poderia significar, parece óbvio investir em ciência. Mas um investimento diferente, tudo às escondidas. Por algum motivo o povo e o mundo não precisariam saber. Novos armamentos, novas tecnologias, não só na indústria bélica, mas nas áreas biológicas. O funcionamento do corpo humano ainda era um mistério que deveria ser investigado. Se Leonardo da Vinci em 1642 projetou algo parecido com um disco voador, porque técnicos e engenheiros não o fariam no século XX? Acredito na veracidade do famoso acidente em Roswell. Mas não poderia ser ele um teste que deu errado? Milhares de profissionais trabalhando dia e noite com todo e qualquer recurso disponível, durante vários anos, não poderiam desenvolver, aos poucos, uma nova e desconhecida tecnologia? O poder de raciocínio humano não deve nem pode ser subestimado. Os registros mais conhecidos de aparições de objetos não identificados no céu dos Estados Unidos começaram justamente nessa época. A partir de 1942, notas públicas do Exército norte-americano sobre objetos não identificados no céu tratam da possibilidade de serem de outro planeta. Começava aí a doutrinação do povo pelos ETs.
Fernanda de Santos Nascimento,
[email protected]

 

crédito: james neff
Estariam os ETs fazendo uma doutrinação do povo terrestre para fins inescrupulosos?
Estariam os ETs fazendo uma doutrinação do povo terrestre para fins inescrupulosos?

 Mal Para a Humanidade

Sou ufólogo amador e o que acho mais difícil nas pesquisas ufológicas é a falta de informações e testemunhos. Muitas pessoas têm medo de serem ridicularizadas e outras dizem que os UFOs são obras do mal para confundir a humanidade, excluindo por completo a possibilidade de serem realmente naves de outro planeta. Outros ainda os relacionam às aparições divinas. Ora, existem bilhões de estrelas e planetas no Universo. Será que Deus, essa fonte de tudo que existe e acontece, criou apenas o homem, esse ser que destrói seus semelhantes e o próprio planeta? Não, isso seria desperdício de tempo. Portanto, peço que as pessoas se conscientizem quanto à veracidade do Fenômeno UFO e liberem as informações que tiverem sobre as ocorrências ufológicas. Entrem em contato com os ufólogos, mesmo sem se identificar, e relatem suas experiências.
Márcio José Cantóia,
Pirassununga (SP)

O Papel dos Militares

Como assinante das revistas UFO e Esotera, estou inconformada com o que vem ocorrendo no mundo ufológico, e quero, através deste espaço externar minha indignação neste meio tão polemizado por todos. Estamos com um grande problema na Ufologia hoje em dia. Por que esperamos tanto que os militares nos revelem alguma coisa sobre UFOs? Estes provavelmente nunca revelarão e caso o façam será quando não houver mais como esconder a verdade.

 

Pois eu acho que eles fazem isso por medo. São os zeladores da Pátria, cuidando do espaço marítimo, terrestre e aéreo em nosso país, contra qualquer tipo de ameaça externa. Como vocês acham que eles se sentem em relação aos UFOs, que simplesmente desrespeitam qualquer tipo de lei vigente? Eles se sentem completamente impotentes diante do fato. Afinal, o que poderão fazer caso haja uma invasão em nosso planeta, se os extraterrestres são muito mais avançados tecnologicamente do que nós? Acho que esta foi a melhor — ou pior — maneira que encontraram para não causar tanta desordem. Não adianta ficar esperando que algum militar na reserva se pronuncie. Vamos fazer a nossa parte e deixar que eles façam a deles, caso se sintam mais seguros assim. Mas um dia tudo virá a tona e eles verão que não valeu a pena ter escondido a verdade por tanto tempo.
Rosângela do Prado,
São Vicente (SP)

O Infeliz Caso Tiazinha

A maioria das pessoas sem informação acaba virando presa fácil dos conspiradores que atuam ativamente para deturpar a imagem ufológica. Mas, quem são os conspiradores? A mídia, a igreja, o governo e muitas outras instituições. Elas impõem a cultura opressora de alienação, em que todos (ou quase...) ficam à mercê de uma elite que dita verdades absolutas. Um exemplo disso é o absurdo Caso Tiazinha. A insistência em afirmar que o objeto visto por Suzana Alves [Era na verdade o dirigível da Goodyear] se tratava mesmo de um disco voador visava desvirtuar a mente das pessoas, induzindo-as a desacreditar a Ufologia, debochando dos pesquisadores. Vamos analisar os efeitos causados sobre o assunto na sociedade e faço um apelo para que todos os grupos ufológicos estejam atentos ao que pode acontecer. É preciso criar programas de conscientização para mostrar às pessoas que a Ufologia não é “coisa para doido”, como muitos podem pensar.
Francisco Aristides,
Teresina (PI)

ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 258
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.