Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ENTREVISTAS

Por Wander Alcaraz

Rodrigo Bravo: Os discos voadores podem ser uma ameaça à aviação mundial

Categoria: CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO | TECNOLOGIA ALIENÍGENA | UFOs E AVIAÇÃO

Ainda que os veículos aéreos desenvolvidos pela humanidade sejam afetados por fenômenos não identificados desde o início da aviação, foi apenas nas primeiras décadas do século XX, durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, que os chamados foo-fighters ganharam notoriedade e indicaram que havia algo a mais no céu além de nossos aparelhos voadores. Eram estranhas manifestações luminosas que acompanhavam tanto os aviões aliados quanto os inimigos enquanto sobrevoavam os céus da Europa e do Pacífico, sem atacar as aeronaves. Desde então, são inúmeras as ocorrências de artefatos voadores de origem desconhecida que interagem com veículos aéreos terrestres, transformando-se em fonte de preocupação para autoridades civis e militares que gerenciam o setor aéreo em todos os países [Veja edições UFO 164 e 168, agora disponíveis na íntegra em www.ufo.com.br].

 

Por se tratar de algo que foge completamente ao nosso controle, a ação de outras espécies cósmicas em seus veículos voadores em nossa atmosfera se torna um grande risco para o tráfego aéreo mundial, sendo, portanto, assunto de segurança nacional. São luzes e objetos que, uma vez detectados por radares e outros instrumentos, simplesmente não respondem a contatos por rádio, seus pilotos não se identificam e muitas vezes parecem nem se preocupar com uma possível reação bélica por parte dos governos das nações cujos espaços aéreos violam.

Tecnologia não terrestre

Por suas características, estes artefatos — que conhecemos como UFOs — representam um campo novo de investigação aeronáutica, que deve constar na pauta de todas as forças aéreas no planeta. O Chile não é exceção quando se trata de manifestações extraterrestres, mas um destaque nesta área por apresentar uma ativíssima casuística ufológica, que levou à criação, em 1997, de uma entidade oficial de pesquisas do tema, o Centro de Estudios de Fenómenos Aéreos Anómalos [Centro de Estudos de Fenômenos Aéreos Anômalos, CEFAA], dentro da estrutura da Direção Geral de Aeronáutica Civil chilena. O país também se destaca por ter um militar que, com apoio oficial de seus superiores, fala aberta e cientificamente da questão. Ele é Rodrigo Bravo Garrido, entrevistado especial desta edição e homem que estarreceu o continente ao fazer afirmações de grosso calibre.

 

Bravo tem autorização formal das Forças Armadas chilenas para discutir casos em que formas desconhecidas de tecnologia não terrestre interferiram com operações aéreas — sejam elas a bordo de aviões, comandadas por pessoal em aeroportos ou observadas por controladores de tráfego aéreo.

Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 258
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.