Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ENTREVISTAS

Por Thiago Luiz Ticchetti

Polônia, uma terra de incontáveis estranhezas e de seres extraterrestres

Com o fim da União Soviética, vários países do bloco comunista começaram a estudar de forma mais séria seus casos ufológicos. Um deles é a Polônia, cujas histórias de avistamentos e contatos remontam há séculos, como se verá nesta entrevista.

Categoria: AVISTAMENTOS | COMUNISMO | ENTREVISTA | OBJETOS SUBMARINOS | TRIÂNGULOS VOADORES

Durante muitos anos a Polônia fez parte do bloco conhecido como União Soviética. O país, brutalmente atacado pelos nazistas e posteriormente pelos comunistas, só ressurgiu como nação independente após a queda do comunismo, na década de 90. A Polônia, portanto, levou anos para se abrir ao mundo novamente e mostrar os mistérios que cercam os fenômenos ufológicos dentro de suas fronteiras. País com um rico e ainda muito pouco explorado histórico ufológico, a Polônia nos será apresentada por nosso entrevistado desta edição, o pesquisador Piotr Cielebias, que nos contará casos espetaculares que fazem parte do seu livro, recentemente publicado, UFOs Over Poland [UFOs sobre a Polônia, Flying Disk Press, 2015], que logo será publicado no Brasil pela Biblioteca UFO.

O país que teve quase 40% de sua população dizimada pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial é, também, segundo seu ufólogo mais proeminente, um local com grandes zonas anômalas e casos que desafiam a lógica e o entendimento humano. “Quando você começa a pesquisar os fenômenos ufológicos que ocorreram aqui, se depara com uma variedade enorme de casos que abrangem desde um simples avistamento até abduções, quedas de UFOs e confrontos entre militares e aeronaves desconhecidas”, declara Cielebias.

Não é segredo que os soviéticos, que por décadas mandavam na Polônia, guardavam suas ocorrências a sete chaves e que muitas vezes perseguiam aqueles que ousavam desafiar o estado, como é comum em regimes ditatoriais, sejam de que vertente forem. “A Polônia tornou-se a terra das estranhezas em seu aspecto político, social e cultural. Na minha opinião, nossos casos são muito impressionantes. São eventos espetaculares e muitos foram esquecidos pelo tempo, devido principalmente à grande censura que o país viveu por décadas”, afirmou o pesquisador.

Muitos casos e pouca publicidade

Nosso entrevistado está certo. Por exemplo, quem se lembra do caso ocorrido em 1956, quando milhares de pessoas viram objetos percorrendo centenas de quilômetros no céu em Varsóvia? Ou, então, de um incidente envolvendo pescadores que zarparam de Szomborgów e, após avistarem um UFO, apresentaram contaminação por radioatividade? E o que dizer sobre o chamado feito por uma ambulância que não pôde seguir caminho porque havia um UFO sobre a estrada? Os paramédicos ligaram para a polícia pedindo ajuda.

Nesta entrevista, Cielebias fala de suas pesquisas e nos brinda com casos históricos ocorridos na Polônia. Ele ainda afirma que, em sua maioria, os fenômenos aéreos anômalos foram registrados pela primeira vez lá no período medieval durante o reinado do último grande rei polonês, Jan Sobieski III — durante uma batalha contra os turcos, Sobieski III viu um artefato aéreo estranho sobre o local.

Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 258
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.